Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / “Shaolin” é atração na Zona Leste

“Shaolin” é atração na Zona Leste

DSC_0051

Mais uma vez o CineB esteve na Zona Leste de São Paulo para exibir a comédia “Shaolin do Sertão”, de Halder Gomes. A sessão aconteceu na ONG Juntos II, na Vila Arizi, região da Aricanduva, na última terça-feira, 25/7.


Era ano da Copa do Mundo a última vez que o CineB esteve na Sociedade Amigos de Vila Santa Rita e Vila Arizi, na região de Aricanduva, Zona Leste de São Paulo. Desde então muita coisa mudou no Brasil, para pior, mas a receptividade e o carinho da equipe da ONG Juntos II, que gerencia o espaço, continua o mesmo. O CineB é um antigo parceiro da ONG, que administra dois outros espaços que já receberam sessões do projeto. Na Vila Arizi, a ONG atua no contra turno escolar e atende 120 crianças de 6 a 14 anos que precisam estar matriculadas no ensino fundamental para poder frequentar o local. O espaço funciona de segunda a sexta com atividades esportivas, culturais e socioeducativas.

Espaço onde o CineB realizou mais uma sessão de "Shaolin do Sertão" em julho.

O filme escolhido, “Shaolin do Sertão”, comédia escrita e dirigida por Halder Gomes, está em cartaz no CineB desde junho. Lançada em outubro de 2016, conta a história dos lutadores de vale-tudo que durante a década de 80 passaram por dificuldades devido a falta de lutas profissionais. A fim de manter a paixão pela luta, eles desafiam os valentões no interior do Ceará que aceitam participar da competição. É assim que Aluiso Li vê a chance de ouro para realizar o sonho de se tornar um verdadeiro mestre das lutas como os heróis de seus filmes favoritos. Com Edmilson Filho e Falcão no elenco.

A equipe da ONG Juntos II, que recebeu a sessão do CineB depois de três anos.

Segundo a gerente de serviços do CCA Juntos II, Maria de Lourdes da Silva Souza, é um privilégio contar com o projeto no espaço. “As duas vezes que o CineB esteve aqui lotou o lugar. Mesmo depois de um bom tempo sem, foi só falar que teríamos uma sessão de cinema novamente e as pessoas conseguiam lembrar o sucesso que foram as outras apresentações”, explica.

Onde tem CineB, tem pipoca de graça.

Segundo Maria de Lourdes, o retorno do CineB ao espaço supre uma demanda de cultura na comunidade. “Aqui nós temos um shopping ao lado, mas para ir lá é preciso ter dinheiro. Por isso muitas famílias nunca foram ao cinema. No máximo as crianças, porque a gente leva. Então essa possibilidade de ter um dia de atividade cultural fora da rotina do dia-a-dia é perfeito”, considera.

A abertura oficial da sessão, com o coordenador do CineB, Cidálio Vieira Santos e equipe da ONG Juntos II.

Como das outras vezes, Luciene Rodrigues de Souza marcou presença na sessão ao lado dos filhos Daniel, Samara e Samuel, que frequentam a ONG Juntos II. Luciene conta que participou das outras sessões, e que “todos em casa gostam de cinema brasileiro”. Já Margarida Siqueira da Silva estava pela primeira vez no espaço, acompanhada do neto Samuel. Ela lembra que chegou na região em 1974, vindo diretamente de Juazeiro do Norte, no Ceará. Ela contou que recentemente esteve no Ceará, em Quixadá, cidade em que o filme foi gravado e conheceu a casa onde foram rodadas várias cenas da comédia. “Eu conheci o ator principal [Edmilson Filho] e assisti a seu show humorístico nessa viagem. Gostei muito do filme, faz tempo que eu não dava risada. Não temos mais bons humoristas brasileiros”, avalia.

Luciene e os filhos acompanharam todas as sessões que o CineB realizou no Jardim Arizi.

Na sessão foram sorteadas camisetas do projeto e livros doados pela ONG Eh Aqui, uma parceira que funciona como uma facilitadora na doação de livros, visando democratizar o acesso à cultura.

Os ganhadores dos livros e camisetas. Até a próxima sessão!

O CineB é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, o já atingiu um público superior a 56 mil espectadores em mais de 430 sessões gratuitas realizadas em comunidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Foram exibidos na tela do CineB mais de 100 longas-metragens e 69 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas.

Sobre admin

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>