“Magal e os Formigas” chega a Cotia

CineB esteve no último sábado, 30/9, na EE República da Costa Rica, bairro Águas Espraiadas, município de Cotia, para exibir o longa “Magal e os Formigas”, de Newton Cannito. A cantora Angela Lima, abriu a atividade com uma apresentação de música sertaneja e MPB.

Os moradores do bairro Águas Espraiadas, área rural do município de Cotia, acompanharam, no sábado, 30/9, na Escola Estadual (EE) República da Costa Rica, mais uma sessão da temporada do longa-metragem “Magal e os Formigas” no CineB. A sessão foi aberta pela cantora Angela Lima. Moradora de Cotia, estudante de pedagogia e ex-presidente da União Municipal dos Estudantes de Cotia (UMEC), a jovem artista canta desde os 8 anos. Atua em festas, eventos e está montando sua própria banda musical. Angela abriu a sessão do CineB cantando n voz e violão músicas clássicas do repértório musical brasileiro como “Sozinho” de Caetano Veloso e “Chegaste” de Roberto Carlos, além de sucessos sertanejos como “Infiel” e “Medo Bobo” de Marília Mendonça.

Vitória da Silva Santos, aluna de dança, improvisou uma performance das músicas de Magal.

Quem levou a sessão para a região de Cotia foi o contador aposentado Ademir de Souza, a partir do contato com Luiz Cláudio Marcolino, diretor da Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e um dos idealizadores do CineB. Ademir explica que hoje atua no fortalecimento de entidades do terceiro setor na região de Cotia. “Trazer cultura para nossa cidade com a parceria com o CineB é muito bacana. Viemosnuma região aonde a cultura não chega. Aqui é considerado cinturão verde de São Paulo, o pessoal vive da agricultura”, explica.

A cantora Angela Lima com seu Antonio, o pipoqueiro do CineB.

O vice-diretor da Escola da Família, Herber Florindo conta que nunca a escola recebeu uma atividade cultural tão bem organizada. “A gente tem feito vários eventos nos finais de semana, mas nenhum dessa magnitude, com tudo tão farto, e com uma estrutura tão grande assim. É uma novidade na comunidade”, comenta. Ele continua: “é uma oportunidade para nossos alunos. Para ir aos shoppings da Raposos Tavares é custoso e o pessoal aqui é carente. Você gasta 20 reais por pessoa só de passagem, mais entrada de cinema. Aqui a pipoca é gratis lá ele tem que pagar, então é um evento muito bom”, comemora.

Abertura oficial da sessão.

Ercelina Fernandes Domingues é um exemplo de quem foi beneficiado pela atividade. Babá e moradora do bairro, ela foi à sessão para acompanhar as filhas Michaeli e Maiara, mas nunca tinha entrado em um cinema antes. “Eu nasci em Ibiúna, mas nunca fui no cinema. Nem imagino como seja. Já minhas filhas vão quando tem excursão”, explica.

Ao final da sessão, sorteio de camisetas do CineB.

O CineB é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, o já atingiu um público superior a 60 mil espectadores em mais de 450 sessões gratuitas realizadas em comunidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Foram exibidos na tela do CineB mais de 100 longas-metragens e 69 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *