“Magal” encerra temporada no Rio Pequeno

A Paróquia Natividade do Senhor de Santo Antonio, localizada na Zona Oeste da capital, foi o espaço que recebeu, no último sábado, 7/10, a última sessão da temporada de “Magal e os Formigas”, de Newton Cannito visto por mais de 600 pessoas em seis sessões.

“Magal e os Formigas”, comédia de Newton Cannito, esteve em cartaz no CineB entre os meses de setembro e outubro. E foi um grande sucesso. Por onde passou recebeu aplausos e elogios do público. Foram seis sessões que contaram com mais de 600 pessoas. A última aconteceu no Salão da Paróquia Natividade do Senhor de Santo Antonio, localizada no Rio Pequeno, Zona Oeste de São Paulo, que recebeu o projeto pela primeira vez.

O longa-metragem conta a história de um aposentado que está aborrecido com a vida e reclama o tempo todo de seu trabalho. Viciado em loterias, ele está afundado em depressão e não vê esperança. Até que, após um delírio, ele começa a receber visitas do cantor Sidney Magal. Assustado com o fenômeno sobrenatural recorrente, ele irá aprender, com o bom humor da aparição, um novo jeito de viver uma vida mais feliz. Além de Magal, integram o elenco Norival Rizzo, Imara Reis, Mel Lisboa e José Carlos Machado entre outros.

Quem entrou em contato com o CineB foi o padre João Carlos Deschamps de Almeida, pároco local. Ele acompanha o projeto há muito tempo e já o levou para outras paróquias em que atuou, como a de São Patrício, também na Zona Oeste. “Acho muito importante o cinema ser disponibilizado para a população das periferias, pois o cinema ilumina, traz a reflexão, eleva o nível de visão de cidadania. Por isso gosto de levar o CineB por onde passo”, explica.

Além do longa, foi exibido o premiado curta “Depois que Eu Te Vi”, de Vinicius Saramago que aborda a história de um jovem autista que trabalha na farmácia do tio e cumpre metodicamente sua rotina, mas isso muda quando ele sai para fazer uma entrega e vê uma menina passar de bicicleta. A partir daí sua rotina muda completamente e seu foco passa ser esse nova paixão.

A professora de história Conceição Aparecida Cabrini, moradora do bairro, conhecia o CineB mas nunca havia participado de uma sessão. Para ela, além do projeto fazer o público ter contato com filmes que não passam no circuito comercial, oferece tudo de graça, até a pipoca. “O preço de um ingresso em São Paulo chega a 30 reais. É um absurdo”, destaca. Para ela, o filme “Magal e os Formigas” leva a pensar o que é o consumismo, e como é importante fazer algo por prazer”, avalia.
A secretária da paróquia, Mária Rodrigues de Lima, faz uma reflexão mais geral a partir do filme: “o país está pobre de cultura atualmente, está devassado. Então receber o CineB é maravilhoso. Meu filho, está adorando”, confessou. Ao final da sessão foram sorteados livros doados pela ONG Éh Aqui, parceria do CineB que atua no fomento à leitura, além das camisetas do projeto.

O CineB é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, o já atingiu um público superior a 60 mil espectadores em mais de 450 sessões gratuitas realizadas em comunidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Foram exibidos na tela do CineB mais de 100 longas-metragens e 69 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas.

CineB No Rio Pequeno

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *