CineB Solar pela 1ª vez em escola no Grajaú

Foi a estreia da animação “Historietas Assombradas – O Filme”, de Vitor-Hugo Borges. Sessão aconteceu na CEI Miguel Antonio, no último sábado, 25/8/2018.

Fila para o público pegar a pipoca e entrar na sessão.

Os moradores do entorno do Centro Educacional Infantil (CEI) Miguel Antonio, localizado no Jardim Shangrilá, região do Grajaú, São Paulo, conheceram, no último sábado, 25/8/2018, o projeto CineB Solar. A atividade aconteceu no pátio interno da escola, inaugurada em fevereiro pela Associação Nosso Caminho, entidade responsável pela gestão de sete unidades escolares infantis na Zona Sul da capital por meio de convênio com a Secretaria de Educação do município. A escola atende 250 crianças de 0 a 3 anos.

Ali na unidade escolar, que conta com 12 salas, 38 funcionários, e um amplo espaço de lazer para as crianças, foi exibido pela primeira vez a animação “Historietas Assombradas – O filme”, de Vitor-Hugo Borges, que já teve “Historietas Assombradas para Crianças Mal-criadas” incluído no segundo CD de curtas-metragens do selo CineB do cinema brasileiro e depois viu seu trabalho virar uma série do canal Cartoon Network. No longa, Pepe é uma criança que vive com a avó, uma bruxa-empresária. Ao saber que foi adotado e que seus pais estão vivos, ele parte em uma aventura para encontrá-los. O menino atrai a atenção de Edmundo, um vilão biomecânico que precisa da energia de crianças para se tornar imortal, que rapta a avó de Pepe. Desta forma, o garoto e seus amigos precisam resgatá-la o quanto antes, ao mesmo tempo em que Pepe busca solucionar o mistério do desaparecimento de seus pais.

Na foto, Sétima Araújo, fundadora da Associação, Cidálio Vieira Santos, coordenador do CineB Solar e Alessandra Padula, diretora da CEI.

Para Alessandra Fernanda Padula, diretora da CEI, a comunidade é bem carente e a escola busca oferecer eventos como o CineB Solar para proporcionar alguns momentos de alegria. “A gente procura sempre buscar o melhor para as famílias. A gente sempre admirou o CineB e fomos atrás para que oferecer esse momento para eles”, revelou.

A sessão lotou, com a presença de muitas famílias das crianças que frequentam a CEI e moradores da região, como o casal Daniela Valentina Ribeiro e Edson Henrique de Jesus. Os filhos Vinicius e Murilo, estudam na Escola Estadual local, mas viram o cartaz de divulgação do filme na porta da CEI. “Hoje é sábado, aproveitamos para assistir um filme em família. O projeto é muito legal”, comentou Daniela.
Para Rodrigo Santana Ferreira, que estava acompanhado da esposa Jaquelina de Carvalho Ferreira e da filha Julia, de 2 anos, aluna da CEI, a sessão ampliou o universo cultural da comunidade: “tem criança aqui que nunca foi ao cinema, não tem oportunidade, e agora tiveram essa experiência. É muito bom”, finaliza.

Muitas famílias do entorno da CEI participaram da sessão.

A atividade contou com a presença da fundadora da Associação, Sétima Araújo, e a colaboração dos funcionários e funcionárias da CEI, que participaram da organização da sessão.

O CineB Solar é um circuito alternativo de exibição que, desde 2007, leva cinema brasileiro para várias regiões da cidade. O projeto, que agora passa a se chamar CineB Solar quando estiver nas comunidades, já contabiliza um público superior a 60 mil pessoas em mais de 480 sessões gratuitas em comunidades, escolas e universidades de São Paulo. Já foram exibidos na tela do CineB mais de 116 longas metragens e 73 curtas metragens.

CineB Solar Na CEI Miguel Antonio

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *