“Made in China” é exibido na Barragem

Cine B Solar esteve no último domingo, 30/9, na EE Prof. Joaquim Alvares Cruz, na Barragem, Zona Sul da capital para exibir o filme com Regina Casé. Ao final da sessão, a fanfarra fez uma apresentação.

Fanfarra da escola se apresentou após a exibição do filme.

A Escola Estadual (EE) Prof. Joaquim Alvares Cruz, localizada na Barragem, bairro do extremo sul da cidade de São Paulo, distante 48 km do marco zero da cidade, foi palco de mais uma sessão do Cine B no último domingo, 30/9. A escola recebeu pela quarta vez o projeto para a exibição da comédia “Made in China”, que tem como protagonista a atriz Regina Casé. A produção, lançada em 2014, também tem atuação de Juliana Alves, Luis Lobianco e Xande de Pilares. O elenco explora com muito humor a disputa pelos consumidores do Saara, espaço comercial do centro do Rio. Francis (Casé) decide investigar como os chineses conseguem vender tão barato, enquanto seu namorado se encanta pela chinesinha filha do dono. A direção é de Estevão Ciavatta.

A exibição integrou as atividades do Programa Escola da Família, que organiza atividades culturais, de esporte e lazer aos finais de semana, segundo Socorro Barbosa, professora de Artes e vice-diretora da Escola da Família. “É excelente essa parceria, porque a população aqui é bem distante de tudo, carente de lazer e cultura. Temos muita atividade nos finais de semana, até um projeto de cinema, na televisão, uma vez por mês. Mas essa estrutura, com telão enorme e pipoca, faz isso aqui parecer um cinema de verdade”, elogia.

Família reunida para o lazer de fim de semana.

O casal Anderson Aparecido da Cruz e Dalila Maria de Deus, moradores próximos da escola aproveitaram o final de domingo para acompanhar “um cineminha” ao lado da filha, a pequena Eduarda, de 1 ano e 7 meses. Dalila conta que mora há 25 anos no bairro Barragem e nunca tinha visto nada parecido antes. Cruz, contou que sempre foi fã de cinema brasileiros. “Trabalhava em locadora em outros tempos e assistia a vários filmes”, conta.

Ao final da sessão, a fanfarra da escola fez uma rápida apresentação. O grupo é formado por alunos e, principalmente ex-alunos da escola, que ensaiam diariamente, segundo o atual regente, Alexandre Moreira Martins, produtor cultural do Sindicato dos Bancários de São Paulo. “Faz mais de 10 anos que a fanfarra existe e a gente vem tentando fazer ela voltar à origem quando era o sonho de todo mundo tocar nela”, explica. O final, num clima de festa, a fanfarra puxou um “Olê, olê, Olê, Olá, Lula, Lula” com os instrumentos de sopro. A sessão foi articulada por Sônia Estela da Silva, a Fumaça, funcionária do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e liderança comunitária, que mora há 30 anos na Barragem.

Equipe do Programa Escola da Família, que deu todo o apoio na organização da sessão.

O CineB Solar é um circuito alternativo de exibição que, desde 2007, leva cinema brasileiro para várias regiões da cidade. O projeto, que agora passa a se chamar CineB Solar quando estiver nas comunidades, já contabiliza um público superior a 60 mil pessoas em mais de 480 sessões gratuitas em comunidades, escolas e universidades de São Paulo. Já foram exibidos na tela do CineB mais de 116 longas metragens e 73 curtas metragens.

Cine B Solar Na Barragem

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *