“Era o Hotel Cambridge” é exibido para alunos da Universidade Brasil

O CineB esteve no dia 21/11 na Universidade Brasil, localizada em Itaquera, Zona Leste de São Paulo, para exibir o filme “Era o Hotel Cambridge” de Eliane Caffé.

Alunos de pedagogia da Universidade Brasil lotam o salão paroquial.

O CineB exibiu, pela primeira vez, uma sessão de cinema para os alunos da Universidade Brasil, localizada em Itaquera, Zona Leste de São Paulo. A sessão, aconteceu no salão paroquial da Igreja do Santana que fica ao lado da universidade, em 21 de novembro. Acompanharam a exibição do filme “Era o Hotel Cambridge”, da cineasta Eliane Caffé, alunos de pedagogia.

O filme aborda a questão das ocupações nos prédios do Centro de São Paulo. Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas. “Era o Hotel Cambridge” mescla atores profissionais como José Dumont e Suely Franco com moradores e lideranças da ocupação como Carmen Silva, Isam Ahamadi Issa e Guylain Mukendi. O filme foi premiado em diversos festivais de cinema do mundo como o Festival de San Sebatian (Espanha) e Festival de Cinema e Direitos Humanos (Suiça) além da 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

o professor Eduardo Silveira Nunes e o coordenador do CineB Cidálio Vieira Santos, na abertura da sessão do CineB.

Quem fez a “ponte” entre o CineB e a comunidade universitária foi Eduardo Silveira Nunes, professor do curso de pedagogia, historiador e pesquisador da área de educação. Nunes também é professor da UniSant’Anna, na Zona Norte, local que recebeu o CineB várias vezes. “Por conhecer o projeto achei oportuno trazer para a universidade um projeto para fomentar um debate sobre moradia e direitos humanos na cidade de São Paulo, no Brasil”, apontou.

Após a sessão, os alunos participaram de um debate conduzido por Nunes e pelo coordenador do CineB, Cidálio Vieira Santos, onde muitas alunas se viram, em algum momento da vida, na mesma realidade dos protagonistas do filme, que lutam pelo direito à moradia. É o caso de Erica Ferreira Silva, aluna do último ano do curso de pedagogia e auxiliar de classe de ensino fundamental e educação infantil. “Eu me deparei com uma realidade que eu já vivi, com os meus pais. Fiz a memória de como foi difícil conquistar o espaço no qual eu moro hoje, mas que valeu a pena, é minha história”, refletiu.

Erica Ferreira Silva (esquerda) e colegas, alunas do último ano do curso de pedagogia.

Para Evelin dos Reis, aluna do primeiro semestre de pedagogia e moradora da região de Guaianases elogiou o filme, e destacou a necessidade de se respeitar a luta das famílias mais humildes. “Há pouco tempo, em Guaianases, teve uma reintegração de posse e as pessoas já tinham construído casas de tijolos, ou seja, foi dinheiro, foi tempo. Então penso o seguinte: se o terreno está abandonado, não tem vida, é depósito de lixo, e aparece famílias que não têm possibilidade de comprar uma casa, vai lá, limpa o terreno, começa do zero e dá a vida para aquele lugar, porque elas não podem ter o direito de permanecer ali?. Porque o governo, o órgão responsável, não passa a cobrar um valor, como se fosse uma parcela, para as pessoas poderem pagar e morar dignamente?” pergunta.

Para a professora de Direitos Humanos, Gênero e Relações Sociais, Núbia Lima, o filme ajudou bastante no diálogo da disciplina. “O filme fez uma boa finalização para essa discussão tão premente que é de direitos humanos”, referindo-se à luta e a conquista do direito a moradia pelos ocupantes do antigo Hotel Cambridge.

O CineB é um circuito alternativo de exibição que, desde 2007, leva cinema brasileiro para várias regiões da cidade. O projeto, já contabiliza um público superior a 60 mil pessoas em mais de 480 sessões gratuitas em comunidades, escolas e universidades de São Paulo. Já foram exibidos na tela do CineB mais de 116 longas metragens e 73 curtas metragens.

CineB Na Universidade Brasil

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *