Mostra de curtas de Florianópolis

Em agosto, o CineB Solar traz uma novidade imperdível. O público vai eleger os melhores curtas-metragens selecionados na 18ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

O “Véu de Amaní” conta a história de uma criança paquistanesa.

Todo ano o CineB Solar traz uma novidade para o público que acompanha as sessões em seus quase 13 anos de existência. Dessa vez, o projeto vai colocar, durante o mês de agosto, o público para escolher o melhor curta-metragem de um total de seis filmes selecionados na 18ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que aconteceu entre os dias 29 de junho e 6 de julho deste ano, em Florianópolis, Santa Catarina. As sessões acontecem nos dias 9 em Heliópolis, Zona Sul de São Paulo, 10 na Bela Vista, Centro, e 30 de agosto na Vila Rica, na Zona Leste.

Segundo o coordenador do CineB Solar, Cidálio Vieira Santos, as sessões contarão com cédula, urna e até cabine de votação para que o público possa vivenciar o que é um festival de cinema, num clima de valorização da democracia e da diversidade. “Nosso público invariavelmente não tem condições de ir a uma sessão comercial, o que dirá um festival de cinema. Então o CineB Solar traz o festival até ele”, explica.
Os filmes que farão parte da mostra e serão votados pelo público são: “Dela” (8’15”); “O Véu de Amaní” (14’54”); “Vivi Lobo e o Quarto Mágico” (13′); “Mytikah – O Livro dos Heróis” (7’14”); “Bicho do Mato” (15’33”); “Dono de Casa” (8′).

SOBRE A MOSTRA
A Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis tem como principal objetivo exibir filmes que traduzem a multiplicidade cultural do Brasil e do mundo. Em 2019, foram exibidos mais de 50 filmes de vários países. A diversidade é fundamental para o desenvolvimento da consciência e, consequentemente, da cidadania. É no contato com as diferenças que nos enxergamos e as imagens exercem um grande poder na formação das crianças. A Mostra acredita que o cinema que valoriza a cultura (a “nossa” e a do “outro”), incentiva a autoestima, gera curiosidade e, acima de tudo, diverte as crianças, pode ser a chave para um mundo melhor. Um mundo que aceite as diferenças como parte da riqueza cultural.


Vivi Lobo e o Quarto Mágico, curta premiado no Festival.

 

SOBRE OS CURTAS-METRAGENS
Dela
Dela mora na Ilha de Itaparica com seu pai, Agenor. Na escola nova, os colegas acham seu nome estranho e seus cabelos esquisitos. A menina questiona seu pai, e a história que ele conta muda a forma como ela vê a si mesma. O filme recebeu a Menção Honrosa na Mostra do Cinema infantil de Florianópolis e participou dos seguintes festivais: Brics Internacional Film Festival (Africa do Sul); Festival Internacional de Nancy (França); Panorama Internacional de Cinema (Brasil); Mostra do Filme Livre (Brasil); Festival Internacional de Curtas de São Paulo (Brasil).

O véu de Amaní
Amani é uma garotinha paquistanesa que mora no Brasil. Ao mudar de casa, a menina muçulmana recebe um presente inesperado da sua nova amiga brasileira: um biquíni. Recebeu o prêmio de melhor filme de ficção pelo júri adulto na 13ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e participou dos seguintes festivais: 47º Festival de Cinema de Gramado; 18ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis; 8º Festival Internacional de Cine Ojo de Pescado; ComKids – Prix Jeunesse Iberoamericano 2019; 19ª Goiânia Mostra Curtas – Mostrinha; 23º Florianópolis Audiovisual Mercosul – Mostra Infantojuvenil; e 21º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte (FestCurtasBH).

Vivi Lobo e o Quarto Mágico
Muito prazer! Meu nome é Vivi Lobo. Essa história é sobre as portas que devemos abrir ao longo da vida, enquanto humanos, enquanto meninas. Foi premiado como Melhor Filme de Animação pelo júri técnico na 18ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, Melhor Direção de Arte na Mostra Criancine do 12º Curta Taquary e Melhor Filme na Mostra Competitiva Infantojuvenil do 2º Festival Mimoso. Participou dos seguintes festivais: 42º Festival Guarnicê de Cinema (Mostra Guarnicezinho); 30º Kinoforum – Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo (Mostra Infanto-Juvenil); 23° Cine PE – Festival do Audiovisual (mostra competitiva Curtas Nacionais); 23º FAM – Festival Audiovisual Mercosul; 19ª Mostra Curtas Goiânia; 18ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis (mostra competitiva); 14º CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto (mostra Cine-Expressão); 12º Curta Taquary (Mostra Criancine); 8º Olhar de Cinema de Curitiba (mostra Pequenos Olhares); 6º Festival de Cinema de Caruaru (mostra Infantil de curta-metragem); 3ª Mostra SESC de Cinema 2019 – Panorama Infanto-Juvenil; e 2º Festival Mimoso (Mostra competitiva Infanto-Juvenil).

Mytikah – O Livro dos Heróis – Episódio Machado de Assis
Leco não consegue dormir e Mytikah aparece para contar a história de Machado de Assis. As crianças encontram o escritor ainda jovem e conhecem seus personagens. Mais tarde eles ajudam Machado a criar uma nova história usando a imaginação e conquistam a relíquia do herói. O episódio Machado de Assis foi selecionado para a 18º Mostra de Cine Infantil de Florianópolis, entretanto vários outros episódios foram selecionados para diversos outros festivais como, por exemplo: Anima Latina, em Buenos Aires; 12º Mostra de Audiovisual de Cambuquira; e 4º Projeto Cineminha.

Bicho do Mato
Jussara e sua família perdem tudo o que tinham quando suas terras são atingidas por chuvas intensas e violentas. Sem ter onde viver, eles deixam o campo para morar na cidade grande, uma mudança que trará muitas dificuldades para todos, em especial para Jussara que precisará se adaptar a um mundo diferente do que ela conhecia.

Dono de Casa
Um menino pede para brincar com as meninas. No início ele é dono de uma oficina, mas sem carros para consertar, ele precisa encontrar outro papel na brincadeira.

SOBRE O PROJETO
O CineB/CineB Solar é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, já atingiu um público superior a 65 mil espectadores em mais de 520 sessões gratuitas realizadas em comunidades e universidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Já foram exibidos na tela do CineB mais de 126 longas-metragens e 74 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas. Atualmente, o CineB Solar tem levado o cinema brasileiro às comunidades utilizando um veículo que capta energia solar para exibir os filmes em um telão. Além das exibições comunitárias, o projeto também realiza programações em universidades parceiras.

SERVIÇO
CINEMA BRASILEIRO NO HELIÓPOLIS
FILME: MOSTRA DE CINEMA DE FLORIANÓPOLIS
DIA: 9 de agosto | Sexta-feira | 19h
LOCAL: UNAS
ENDEREÇO: Rua da Mina Central, 38 – Cidade Nova Heliópolis, São Paulo
CONVITES: Na Biblioteca Comunitária de Heliópolis (Rua da Mina Central, 372) ou na sede da Unas, R. Mina Central, 38
INFORMAÇÕES: producaocineb@brazucah.com.br

CINEMA BRASILEIRO NA OCUPAÇÃO 9 DE JULHO
FILME: MOSTRA DE CINEMA DE FLORIANÓPOLIS
DIA: 10 de agosto | Sábado | 19h
LOCAL: Ocupação 9 de Julho
ENDEREÇO: Rua Álvaro de Carvalho, 427 – Bela Vista, São Paulo – SP
CONVITES: na portaria da Ocupação
INFORMAÇÕES: producaocineb@brazucah.com.br

CINEMA BRASILEIRO NA VILA RICA
FILME: MOSTRA DE CINEMA DE FLORIANÓPOLIS
DIA: 30 de agosto | Sexta-feira | 19h
LOCAL: Associação de Moradores do Bairro de Vila Rica
ENDEREÇO: Rua João Batista Lima, 47
REFERÊNCIA: próximo ao Emef Roquete Pinto
CONVITES: Bia (98495-6206) ou Alice (99197-9418)
INFORMAÇÕES: producaocineb@brazucah.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.