Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / ITAPECERICA DA SERRA

ITAPECERICA DA SERRA

Pela sexta vez o Cine B volta na cidade de Itapecerica da Serra para 2 grandes exibições do melhor do cinema nacional. Dessa vez, estivemos por lá na Escola Joaquim Fernando Paes de Barros Neto, tendo como espectadores, os alunos de 5ª e 6ª série, que assistiram ao longa-metragem A guerra dos vizinhos, de Rubens Xavier.

Alunos da Escola Joaquim, assistem a uma exibição do Cine B, realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e Brazucah Produções

Alunos da Escola Joaquim Fernando Paes de Barros Neto, assistem a uma exibição do Cine B, realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e Brazucah Produções

“Estou deslumbrada, tudo de bom trazer cultura para dentro da escola! Se eu conhecesse este trabalho antes, já tinha trazido”, disse a diretora Nisemarie Valentim. Segundo ela, a escola tem hoje cerca de 2 mil alunos. “Temos mil e poucos alunos, mais mil alunos do nosso Centro de Línguas, onde aprendem inglês, espanhol e francês”, disse Nisemarie.

“Fiz meu primeiro e segundo colegial aqui, então é muito bom trazer o Cine B para cá. Fiz contato com o professor Claudinei, um dos mais antigos daqui, e conseguimos estas duas exibições cheias”, disse Gilberto Morais, da Pastoral Fé e Política, da Paróquia Maria Mãe dos Caminhantes. Ele foi o grande agitador desta exibição na escola. Já é a segunda vez que ele traz o Cine B para Itapecerica da Serra. Na outra exibição estivemos no salão da Paróquia. Em outras exibições, o Cine B, realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e Brazucah Produções, abriu sua tela 3 vezes no Jardim Jacira, uma vez no CineTeatro da Prefeitura do Município e 2 vezes Parque Paraíso.

Clique aqui para saber como foi a exibição na Igreja.

Claudinei e Gilberto com filha

O professor Claudinei Pedro Cunha, ao lado de Gilberto Morais, da Pastoral Fé e Política com sua filha

“Não fizemos a distribuição dos ingressos, pois quando exibimos filmes aqui, utilizamos uma televisão comum e hoje como ia ser diferente, deixamos para trazer os alunos na hora”, disse o professor de português, Claudinei Pedro Cunha.

“Na primeira exibição que o Cine B fez por aqui, teve muita repercussão na cidade, pois ainda convivemos com o problema de não termos uma sala de cinema. Então, toda vez que tiver Cine B em Itapecerica, a sessão vai lotar”, disse Gilberto da Pastoral Fé e Política.

“Além de promover a sociabilização entre as turmas de estudantes, é possível trabalhar o filme na sala de aula, com os alunos”, disse a vice-diretora Vera Lucia Gomes Ferreira Palmezano.

Dessa vez, os professores da Escola não se incomodaram com o som alto. Ao lado da sala que era exibido o filme, fica a sala dos professores

Ao lado do Laboratório transformado em cinema, fica a sala dos professores, mas dessa vez, eles não se incomodaram com o som alto!

Este é o Cine B, promovendo diversão e cultura dentro da escola. Claro que os estudantes amaram a nossa pipoca oficial, feita pelo Seu Antônio.

Esse é o Cine B no Laboratório de Biologia transformado em cinema

Esse é o Cine B no Laboratório de Biologia transformado em cinema

No final de cada exibição, aconteceu o tradicional sorteio de camisetas do Cine B e livros da exposição Corpo Humano

No final de cada exibição, aconteceu o tradicional sorteio de camisetas do Cine B e livros da exposição Corpo Humano

Sobre admin

3 comentários

  1. Muinto boa a iniciativa, parabéns. Nas comunidades carentes há a necessidade de lazer e cultura, nossos jovens não tem acesso à cultura por uma deficiência dos nossos governantes que infelizmente ao invèz de se preocupar em educar e ser o exemplo custuma ignorar esses jovens que ficam a merce do tráfico de sua região.Acredito que conhecendo o lado cultural e esportivo na vida, a chance de se perder é menor.Que Deus os abencoe!!

  2. Pura verdade, Débora! Ainda bem que existem pessoas como você que enxergam essa necessidade urgente de manter os jovens ocupados. Queremos logo mais voltar com muito mais cultura por aí. Firme na luta!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>