Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / CINEB NO CLUBE DA 3ª IDADE DA VILA SÔNIA

CINEB NO CLUBE DA 3ª IDADE DA VILA SÔNIA

8836231975_5489f57d48

Por Paulo Castro -

O fiilme VIPs, com Wagner Moura, estreou no CINEB na sessão que fizemos na última sexta-feira, no CLUBE DA 3ª IDADE DA VILA SÔNIA. A entidade existe desde de 1989 e desenvolve atividades de cultura e lazer como oficinas de flores, tai chi chuan, dança, aulas de inglês, etc. Recentemente, está passando por uma reformulação na gestão e nas atividades do clube. E a sessão do CINEB foi marcante para esta nova fase.

Cícera Bombardi, Cidálio Vieira Santos ( coord. do CINEB) e Cynhtia Alário (diretora da Brazucah)

“Esta sessão aqui hoje é mais que a reinauguração deste espaço, vai marcar a mudança que a nova gestão vai fazer”, conta Cícera Bombardi, umas das novas coordenadoras do espaço, que quer desenvolver mais atividades culturais por lá e tentar integrar a comunidade ao redor. “Olha, eu já queria trazer um cinema pra cá. Aí quando conheci o CINEB, fiquei toda empolgada. O cinema é uma arte que engloba todas as outras, serve pra aprender e discutir tudo, como hábitos, história, comportamento e diversas culturas”, falou Cícera, animada com a nossa presença por lá.

As amigas Aiko Kami e Mafalda Johshi aproveitaram para ir ao cinema. "A gente não costuma ir", conta Aiko

Outra coisa bacana que ela disse foi a reação  da pessoas e a importância de realizar uma sessão no clube: “Quando eu avisei que ia trazer cinema pra cá, foi uma empolgação só. Aqui as pessoas não vão ao cinema, é muito longe. Quando você conversa com elas da 3ª idade, você nota a saudade que sentem do cinema que tínhamos aqui perto, mas que já fechou faz tempo”.

E foi isso mesmo que achamos por lá.  Sebastiana Domingos, de 83 anos, brincou quando perguntei a última vez que tinha ido ao cinema: “Olha, eu não vou ao cinema desde que se amarrava cachorro com linguiça”, disse ela toda feliz, que estava acompanhada da neta Gabriela, de 12 anos. Matilde Fabel, de 74 anos, disse que ama cinema brasileiro e assiste até hoje na TV Cultura: “Eu adoro os filmes do Mazarropi, do Oscarito. Assisti-los faz com que eu relembre o meu tempo de moça. É uma delícia”, disse ela, que estava empolgada para ver o filme VIPs.

Gabriela Domingos levou a avó Sebastiana

Matilde Fabel e a amiga Haruye Morassima, de 94 anos

Outra que tava animada, acompanha da filha e netos, foi a sambista Ricardina Baptista, de 78 anos. “Eu adoro tudo que é do Brasil. Já desfilo no carnaval há 48 anos pela Camisa Verde e Branco. E o filme brasileiro é  a minha casa, é o meu país. E eu não gosto de ver os estrangeiros, porque vai que estão me xingando e eu nem fico sabendo”, brincou Ricardina.

Ricardina com a filha e as netas

E que delícia foi esta sessão na Vila Sônia. Aliás, que contou com a presença  especial da diretora da Brazucah Produções, Cynhtia Alário, que cresceu no bairro e aproveitou para levar a mãe e a avó para curtir VIPs.

Cynthia com a mãe Sonia Regina e a avó Olinda

Valeu pessoal. Fiquem por dentro de tudo que rola no CINEB  em nossa página no FACEBOOK. O bairro que mais curtir, nós voltamos com um novo flme pra vocês. Até a próxima…….

Final da sessão no clube da 3ª idade da Vila Sônia


Mais fotos de quem esteve por lá e curtiu o CINEB:

Tânia Furquim e Maria Módena

Ricardina e os netos

Vera Vieira e a filha Camila

 

 

 

Sobre admin

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>