Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / CINEB NAS UNIVERSIDADES NA USP LESTE

CINEB NAS UNIVERSIDADES NA USP LESTE

CINEB USP LESTE-8

Por Paulo Castro - 

O CINEB NAS UNIVERSIDADES fez a última exibição do filme Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábiosna Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP, na Zona Leste. Como tem sido em todas as sessões, os diretores Beto Brant e Renato Ciasca foram pra EACH debater o filme com os alunos e professores.

Os diretores Renato Ciasca e Beto Brant em debate na EACH USP LESTE

Os estudantes Fábio Ortolando e Catherine Barbosa adoraram o filme que foi baseado no romance de Marçal Aquino. “Gostei muito da mistura da história de amor com a questão social ocorrendo ao mesmo tempo na trama”, disse Catherine, que também destacou outro elemento que chamou sua atenção: “Eu adorei a expectativa que cada cena me causava para ver o que ia acontecer a seguir. Isto me chamou muito a atenção neste filme”, concluiu a estudante.

Estudantes da USP fazem fila para pegar a pipoca do Seu Antônio antes da exibição do filme

Os alunos Fábio Ortolando e Catherine Barbosa

Aliás, neste debate muitos alunos participaram com perguntas. A estudante Célia Barros questionou os diretores do quanto da história do filme era baseada na realidade. Beto Brant respondeu falando da relação deles com o roteirista, escritor e amigo, Marçal Aquino: “Já é a sétima vez que trabalhamos juntos. Nós pegamos a história que ele escreve e vamos ver como ela é na vida real. Nós três viajamos o interior do Pará juntos e vimos que hoje a questão mais forte por lá é a extração ilegal de madeira das reservas indígenas, e não mais a questão do garimpo, como retratada no romance”.

A estudante Célia Barros participou do debate com os diretores

 

Marçal Aquino, escritor e roteirista do filme. (Foto Divulgação)

Renato Ciasca complementou que “embora o filme e o livro retratem praticamente a mesma história, são obras diferentes, uma é cinema e outra é literatura. São duas visões de uma mesma trama, mas que não competem entre si”. Questionados sobre o tempo de produção, responderam que, quando o projeto começou a acontecer, foram quatro meses de pesquisa em Santarém e mais dois meses de pré-produção. Depois, foram 5 semanas de gravação por lá e outras três semanas no Rio de Janeiro.

Imagens do Making off do film. (créditos: internet/ blog Closet Figurino)

Renato Ciasca complementou que “embora o filme e o livro retratem praticamente a mesma história, são obras diferentes, uma é cinema e outra é literatura. São duas visões de uma mesma trama, mas que não competem entre si”. Questionados sobre o tempo de produção, responderam que, quando o projeto começou a acontecer, foram quatro meses de pesquisa em Santarém e mais dois meses de pré-produção. Depois, foram 5 semanas de gravação por lá e outras três semanas no Rio de Janeiro.

Diretores em debate com os alunos da EACH USP

Para o professor do curso de Gestão de Políticas Públicas, Alessandro Soares, “conhecer a realidade do país é fundamental para os alunos do nosso curso poderem atuar profissionalmente. E este filme traz um pouco desta realidade para a gente”, disse o professor, ressaltando a relevância da sessão com o debate promovido pelo CINEB.

O professor Alessandro Soares em debate após a sessão

 Muito bom poder encerrar as sessões deste filme na USP Leste. Foi bem bacana trabalhar com uma obra tão bela e intensa como é Eu Rebeberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios. Melhor ainda foi poder promover tantos debates, tantas trocas, em várias faculdades, entre os diretores do filme e os alunos espectadores. Parabéns pra Beto Brant e Renato Ciasca que provam, em cada trabalho que fazem, que o cinema brasileiro é capaz de ir muito  mais além do que é mostrado nas telas.

Alexandre Soares, Renato Ciasca, Marco Costa (sócio-diretor da Brazucah), Seu Antônio(pipoqueiro) e Beto Brant


E o CINEB NAS UNIVERSIDADES volta no segundo semestre com muito mais sessões e debates nas faculdade de São Paulo.  Até lá não deixe de conferir as sessões do CINEB nas comunidades da capital.

Funcionários da limpeza da USP LESTE curtiram a pipoquinha do Seu Antônio. Alguns deles aproveitaram uma folga no trabalho para espiar o filme

Mais fotos em nosso FLICKR

 

Sobre admin

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>