Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / CINEB UNIVERSIDADES EXIBIU “UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA” E “MARIGHELLA” EM UNIDADES DA ANHANGUERA E DA FIAM/FAAM

CINEB UNIVERSIDADES EXIBIU “UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA” E “MARIGHELLA” EM UNIDADES DA ANHANGUERA E DA FIAM/FAAM

IMG_5269

SESSÃO NA ANHANGUERA CAMPO LIMPO com exibição de Uma História de Amor e Fúria

Na terça-feira, 21 de outubro, o CINEB UNIVERSIDADES lotou o teatro da Anhanguera na unidade Campo Limpo. Mais de 360 pessoas acompanharam a exibição da animação brasileira UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA. A sessão especial de cinema por lá integrou as atividades da Semana da Educação, com a participação dos cursos de Matemática, Pedagogia e Letras.

Alunos dos cursos de Pedagogia e Matemática ajudaram na organização e divulgação da sessão que reuniu mais de 360 alunos

Elizabeth Jamal e professora do curso de Matemática levaram o CINEB para a universidade

“Gostei de ver a história do Brasil contada em forma de desenho”, disse Lais Oliveira após a sessão.

Os amigos Lais Oliveira e Jorge Luiz curtiram o filme do CINEB na Semana da Educação na escola

“Acho que este filme é bem atual por ter relação com a falta de gestão da água em São Paulo”, disse o aluno Donizete Atanásio, aluno de Letras.

Alunos do curso de Letras também marcaram presença na sessão

Convites para a sessão foram distribuídos por toda a faculdade

 

 SESSÃO NA FIAM/FAAM, com a exibição do documentário Marighella.

Na quarta-feira, dia 22 de outubro, foi a vez de exibirmos o documentário Marighella. A sessão especial do CINEB UNIVERSIDADES integrou a Semana de Comunicação que a faculdade viveu.

Auditório da FIAM/FAAM campus Vergueiro

 Após a sessão rolou um bate-papo com o historiador João Ferraz, que destacou a contribuição do documentário para o debate eleitoral: “Este filme ser visto em um momento como o que vivemos, onde escutamos pessoas afirmando que a Dilma é comunista, ou não, reforça como a maioria dos movimentos de esquerda que tivemos no Brasil não era revolucionária mas, sim, almejavam participar do sistema parlamentar”. Ferraz lembrou que o próprio Marighella elegeu-se deputado pelo PCB, mas logo voltou à clandestinidade quando o partido teve o registro caçado.

Historiador fez um bate-papo com alunos após a sessão

Rogério Troiani, prof. de comunicação da FIAM e organizador da sessão, com o historiador João Ferraz.

 Sessão na Anhanguera Brigadeiro com exibição do documentário Marighella

Na sexta-feira, dia 31 de outubro, o CINEB Universidades realizou mais uma sessão do documentário sobre o maior líder guerrilheiro do Brasil, Carlos Marighella.  A exibição contou com um bate-papo com o historiador João Ferraz, que participou do processo de entrevistas para o documentário.

O Auditório Cacilda Becker foi o lugar escolhido da unidade para a exibição do documentário

 

Maior parte do público ficou por conta dos alunos do curso de Serviço Social da unidade

Sobre a Ditadura Militar, tema presente no documentário, João Ferraz destacou que “a ação do Estado sempre foi esconder o seus excessos, por isso a Comissão Nacional da Verdade vem tentando revelar essas ações, assim como este filme também traz a ideia de resgatar a história da figura do Marighella”, contemporizou o historiador.

O historiador João Ferraz bateu um papo com o presentes após a sessão

“O que achei mais bacana de exibir este filme aqui é que ele mostra que nós tínhamos grandes líderes naquela época, algo que vemos centenas de pessoas reclamando hoje que não há”, disse a professora do curso de Serviço Social, Ana Lima.

Professoras e alunos do curso de Serviço Social da unidade Brigadeiro da Anhanguera

 

 

Sobre admin

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>