Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / Filme Mãe Só Há Uma, e de graça, só na Regional Paulista

Filme Mãe Só Há Uma, e de graça, só na Regional Paulista

Mae_So_Uma_rapaz

O mais recente longa-metragem de Ana Mylaert, Mãe Só Há Uma, que está em cartaz no circuito comercial, terá uma sessão especial na Regional Paulista do Sindicato, em 5 de agosto, sexta, 19h, com entrada franca.

O cinema brasileiro vive um momento rico, com muitas produções sendo exibidas no circuito comercial. E mais uma vez o CINEB traz ao seu público um filme que acaba de entrar em cartaz nas salas de cinema do país. Mãe Só Há Uma é o mais recente longa-metragem da diretora paulistana Ana Muylaert, e será exibido no dia 5 de agosto, 19h na Regional Paulista do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

O filme é livremente inspirado no caso real do menino Pedrinho, que parou o Brasil em 2002. Conta a historia de Pierre, um adolescente que, aos 17 anos, descobre que foi roubado, recém-nascido, na maternidade pela mulher que o criou a vida toda e a quem ele chama de mãe. Após denúncia anônima, o adolescente é obrigado a fazer um teste de DNA e a trocar de família, de nome, de casa, de escola, em meio a seu processo de individuação.

Foto: Divulgação

O décimo quarto filme da cineasta Ana Muylaert aborda a questão da identidade, autenticidade e rebeldia, e foi rodado na cidade de São Paulo. Conta no elenco com dois fundadores do teatro da vertigem, Matheus Nachtergaele – que interpreta o pai do adolescente – e a atriz Dani Nefussi  – que  vive um duplo papel como as duas mães do protagonista, Gloria e Aracy.  No elenco, o jovem Naomi Nero interpreta Pierre e os atores Daniel Botelho e Lais Dias interpretam os irmãos do protagonista.

Foto: Divulgação

 

Mãe Só Há Uma participou, em fevereiro, do festival de Berlim, onde recebeu o prêmio de Melhor filme Queer do júri da revista alemã Männer, dentro do Teddy Bear Award e foi vendido para mais 15 países. Entra em cartaz depois do enorme sucesso do filme anterior de Ana Muylaert, Que horas ela volta?, que foi exibido pelo CINEB em dezembro do anos passado, ao mesmo tempo em que estava em cartaz nos cinemas. O filme ganhou vários prêmios internacionais entre eles o prêmio especial do júri no Festival de Sundance e o prêmio do público de melhor filme da seção Panorama do Festival de Berlim 2015. Foi vendido para mais de 30 países e teve no Brasil cerca de 500 mil espectadores.

ANA MUYLAERT

Foto: Gleeson Paulino

Paulsitana, a cineasta estudou cinema na ECA/USP e dirigiu vários curtas, entre eles o premiado A origem dos bebês (melhor filme festival de curtas de São Paulo). Assina a direção dos longas-metragens Durval Discos (melhor filme, júri, crítica e público no Festival de Gramado 2002), É Proibido Fumar (melhor filme do júri e da crítica no Festival de Brasília 2009) e Chamada a Cobrar (2013). Escreveu críticas de cinema para o Estadão e para a Revista Isto É.

Anna trabalhou na equipe de criação das séries de TV infantil Mundo da Lua e do icônico Castelo Rá-Tim-Bum, na TV Cultura. Ela também colaborou nos roteiros dos longas O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias e Xingu, ambos de Cao Hamburger, Praia do Futuro, de Karim Aïnouz e nas séries de TV Filhos do Carnaval, Alice e Preamar, para a HBO. Em 2013 dirigiu o Telefilme Além de Tudo me Deixou mudo o violão e a série de TV Canalhas, do GNT. Em 2015 lançou Será Que Ela Volta? filme premiado internacionalmente e bastante elogiado pela crítica.

SERVIÇO

Filme: Mãe Só Há Uma, Brasil, 2016, 82 min.

Data: 5 de Agosto, sexta-feira, 19h.

Local: Espaço Lélia Abramo – Regional Paulista do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Endereço: Rua Carlos Sampaio, 305, Bela Vista. Próximo ao Metrô Brigadeiro.

Entrada franca.

Sobre admin

Um comentário

  1. Maria das Graças Ramos Pereira

    Eu amo está ai na primeira fila só para assistir esses filmes maravilhosos que vcs nos convida para esta vendo filme de primeira eu só posso dizer muito obrigado;

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>