Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / CINEB exibe Apart Horta em Perus

CINEB exibe Apart Horta em Perus

IMG_20160806_210803913

Filme que trata da agricultura urbana foi exibido no Centro Comunitário Conquista em Cristo, Perus, Zona Norte, no último sábado, 6/8. Atividade esteve sob organização dos jovens da União da Juventude Brasileira.

O CINEB tem orgulho de poder dizer que em 9 anos de projeto já rodou todos os cantos da cidade de São Paulo e boa parte dos municípios da Grande São Paulo. No último sábado, 6/8, foi a vez de mais uma comunidade dessa imensa cidade conhecer o projeto. O CINEB esteve no Centro Comunitário Conquista em Cristo, Perus Zona Norte, para exibir o filme Apart Horta e tratar de um tema cada vez mais importante na vida das pessoas: a agricultura urbana.

CINEB no Centro Comunitário Conquista em Cristo.

Apart Horta, foi escrito e dirigido por Cecília Engels, jovem cineasta paulistana. Conta a história da baiana Nazaré que vai a São Paulo pela primeira vez para visitar seu irmão Natanael, que tem um estilo de vida voltado ao trabalho. Nazaré vive uma relação saudável com as pessoas, a natureza e a alimentação. Aos poucos trazendo seu axé e cultivando alimentos no apartamento, Nazaré germina a transformação no ambiente da vida de Natanael e do prédio em que ele vive. O filme é entrecortado com quatro mini-documentários de personagens reais que realizam experiências de cultivo de alimentos na cidade de São Paulo.

Dora apresenta a horta que mantém no Centro Comunitário.

O centro comunitário Conquista em Cristo fica ao lado do CDHU de Perus, um conjunto com mais de 30 prédios e 600 apartamentos. O espaço tem como responsável Maria das Dores Gomes de Souza, conhecida como Dora. Moradora da região há mais de 30 anos, ela viu o CDHU chegar e junto com ele os problemas. “Aqui era uma região muito violenta em 2000, 2001. Atrás do CDHU, antes da avenida que existe hoje, tinha só uma pequena trilha onde todo dia encontrávamos um corpo. O lugar tinha o nome de caminho da morte”, lembra. Dora e outros moradores começaram a se organizar até que em 2009 conseguiram o espaço onde hoje fica o centro comunitário, lindeira ao caminho. “Passamos a ocupar, a limpar a área e em pouco tempo conseguimos construir o galpão”, recorda. Hoje, o espaço oferece cursos de alfabetização de jovens e adultos além de ser sede das atividades ligadas à comunidade para lutar por melhorias.

Quem levou o CINEB para o espaço foi o Coletivo de Juventude de Perus, ligado à União da Juventude Brasileira. “Queríamos trazer mais cultura para nossa região. Aqui em Perus temos poucos espaços abertos à comunidade com atividade de qualidade”, explica Amanda Zanote. Para muitos dos presentes, o CEU Perus é a maior referência de espaço com atividades de cultura lembra Allan Diego Xavier Teixeira. “Agora lá tem uma sala de cinema, mas o que o CINEB faz é muito bacana. Vai até a comunidade, por isso queríamos vocês aqui”, elogiou.

Amanda Zanote, Cidálio Vieira Santos, Dora e Luiz Carlos Marcolino

Quem também curtiu o CINEB foi o aposentado Renato Mineiro Cravo. Seu Renato cultiva verduras e hortaliças como cebolinha, salsinha e hortelã. Ele conta que usa muitos desses temperos nos pratos que sua mulher prepara. “Gostamos de colocar hortelã na coxinha, no pastel”, confessou. “Aprendi muitos jeitos diferentes de plantar com o filme. Vou tentar fazer em casa”, arriscou.

O diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e idealizador do CINEB, Luiz Cláudio Marcolino esteve na sessão e elogiou a atuação dos jovens em defesa da cultura. Para ele “o cinema também pode ser um instrumento de transformação da sociedade. E lembrou a trajetória de 9 anos do CINEB. Começou bem simples, mas já ofereceu a possibilidade das pessoas mais simples conhecerem o que é uma sala de cinema. Além de ser um espaço de divulgação da verdadeira cultura brasileira”, finalizou.

Coletivo de Juventude de Perus. Até a Próxima sessão!

O CINEB é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, o já atingiu um público superior a 50 mil espectadores em quase 400 sessões gratuitas realizadas em comunidades e universidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Já foram exibidos na tela do CINEB mais de 75 longas-metragens e 50 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas.

Sobre admin

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>