Projeto de democratização do acesso ao cinema brasileiro

Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / aconteceu no CineB / Casa cheia mais uma vez

Casa cheia mais uma vez

Texto e fotos: Carlos Rizzo

Cine B retornou ao Salão da Paróquia Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores, no Jardim Ipê, na Zona Sul de São Paulo, na última sexta-feira (2/12). Comunidade marcou presença em peso para acompanhar o longa-metragem Corda Bamba – História de uma Menina Equilibrista, do diretor Eduardo Goldenstein.

É sempre gratificante retornar a uma sessão que o Cine B foi pela primeira vez e reencontrar a casa cheia. Isso tem acontecido com frequência nos últimos nove anos do projeto. E dessa vez os moradores do Jardim Ipê, na Zona Sul de São Paulo, receberam, na última sexta-feira (2/12), no salão da Paróquia Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores outra vez o projeto. Foram mais de 150 pessoas para acompanhar o novo filme em cartaz, Corda Bamba – História de uma Menina Equilibrista, de Eduardo Goldenstein.

As crianças foram as primeiras a pegar a pipoca.

O longa, inspirado no livro infantil de mesmo nome da escritora Lygia Bojunda Nunes, conta a história de Maria, uma menina de 10 anos que, por ser filha de pais equilibristas, foi criada no circo. Após um tempo vivendo com os padrinhos, Foguinho e Barbuda, ela se muda para a cidade grande para morar com sua avó. Apesar de enfrentar dificuldades em se adaptar à nova vida, ela aos poucos passa a se lembrar de um grande trauma do passado envolvendo seus pais.

E o público chegando.

Em poucos minutos o salão lotou. Segundo o pároco João Bonifácio, reflexo da sessão que aconteceu em setembro, quando o Cine B exibiu Gonzaga – De Pai para Filho. “Foi muito bacana naquela noite. O pessoal se divertiu, se aproximou bastante da comunidade, ficou interessado e pedindo mais. Então fez muito bem para a vida de nossa comunidade. E nós nos alegramos por vocês estarem aqui novamente”, concluiu.

O cadeirante Lucas acompanhado dos vizinhos.

As irmãs Maria, dessa vez, juntas.

A maioria dos presentes também estava na primeira sessão. É o caso de Maria Nilza, que aproveitou uma segunda oportunidade do Cine B na comunidade e convidou parentes e vizinhos. Ao todo eram dez pessoas que ocuparam a primeira fila, no gargarejo. Maria da Conceição Oliveira também estava lá pela segunda vez e aproveitou para trazer a irmã, também Maria, mas de Oliveira. “Somo em quatro marias”, contou, depois de elogiar o filme e a pipoca distribuída antes do filme começar.

O coordenador do Cine B Cidálio Vieira Santos e os organizadores da sessão na paróquia Verônica Barros e Odair José.

Público com a fita, numerada, aguarda o sorteio de brindes.

A atividade contou, ainda, com apoio e organização de tem Veronica Barros Medeiros Lima, professora do Movimento de Alfabetização (MOVA) na igreja e responsável pelos eventos da paróquia e Odair José Rocha Nascimento, designer gráfico bastante atuante na paróquia.

Camisetas sorteadas para o público presente.

O CINEB é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, o já atingiu um público superior a 54 mil espectadores em mais de 400 sessões gratuitas realizadas em comunidades e universidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Já foram exibidos na tela do CINEB mais de 75 longas-metragens e 50 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas.

Sobre admin

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários *

*